Micro-Conto - Santana

/
0 Comments
















Santana não se abalava com o sorriso dos outros em face dos seus poucos risos, pois sabia que a felicidade está inserida também nas bocas sérias, nos lábios rachados e sobre tudo, abaixo e entre o seu enorme bigode.
Sabia Santana que o ato de usar seu vestido era incutir o seu corpo todo de felicidade. E suas lembranças de General estavam imbuídas de felicidade.

Ah... A Felicidade... Santana a via refletida em tudo, inerente inclusive aos momentos tristes, eram todos repletos de uma felicidade que apenas Santana acreditava de forma inabálavel...

Ygor MF


You may also like

Postar um comentário