/
2 Comments
Uma Estréia... 

Clodomiro Tradição passou de acadêmico de botequins a doutor em fóruns e bate-papos virtuais. Entende que a liberdade e o gratuito do espaço virtual podem e devem custar caro, não no sentido do valor cobrado, mas sim do valor dado a essa fantástica ferramenta(vale dizer que mesmo a internet já na sendo algo tão novo, para ele Clodomiro é algo ainda novo e angustiante), em suas palavras: “Pingos grandes nos is, sem papas na língua já que nada se paga, por pouco, por nada, em pouco tempo, o que se diz aqui, outro vai usar, vai ler, copiar e colar, e entender... ou não”.

Clodomiro amante da cultura e da boa discussão, “porque gosto se discute sim senhor”, não teme o assunto polêmico ou o tabu, mas recua diante do medo de apenas ser uma pessoa polêmica, que em seu entender é alguém próximo apenas do chato e só! E em seu jeito sério, desconfiado e jocoso ao mesmo tempo alerta: “O meu texto é todo em itálico”, entre o interessado e o enxerido Clodomiro Tradição deixará nas “páginas” do Moviemento os seus ricos pitacos.

Seja bem-vindo Clodomiro; eterno Mestre em treinamento!!!







                 


Eu digo olá!!! A quem me lê, porque não posso gritar a quem passa despercebido por aqui ou ainda, aquele que foi despistado pelas tantas opções deste mundo real de virtualidades.
                 
Estréio aqui o meu espaço, reservado para dizer o que eu quiser... Desde já alerto o quão isso é perigoso, mas ignoram e cá estou. Mas poder dizer o que quiser é tão ou mais perigoso para nós mesmo(nós que temos essa liberdade e necessidade), e nem me apego a possibilidade de contradição e tropeço no próximo parágrafo, o difícil de poder escrever sobre o que quiser é não conseguir achar um assunto especifico o bastante para um texto, mas que também seja global a ponto de chamar a atenção. Lembro com temor, das dificuldades diante das redações no colégio, pasmo, perplexo por não conseguir começar a redação de tema livre...
                
 Porém, por aqui estarei contornando o mundo cultura com as minha opiniões, cinema, livros, futebol porque não? E outras questões comportamentais, lembrando que não sou especialista de nada, mas observador de tudo.
                
 Prometo ser breve até que algum comentário raso se torne tema ou peça uma dissertação, mas basicamente tenho nas mãos picatos mais ou menos bem formulados(aqui fica a minha falsa modéstia), já me despedindo fica aqui este oi de passagem, de reconhecimento do campo, e me despeço enquanto já vou me aborrecendo com uma tecla que emperra e com o fato de nunca ter conseguido uma carta de apresentação tão boa quanto essa, que saiu fácil e tão melhor do que todas as cartas de apresentação que inútil, tentava escrever nas seleções de trabalho, quando não conseguia nem saber quem eu era...

Clodomiro Tradição

Para contato, duvidas, criticas e sugestões deixe um comentário que o Clodomiro responde...


You may also like

Postar um comentário