Ócio "criativo"

/
0 Comments
















Quando o copo que trazia a palavra “tchau” desenhada no corpo se espatifou no chão, o outro copo, que carregava os dizeres “oi”, viu-se sozinho, sem mais poder dizer oi ao amigo. Ficou então aquele cumprimento solto, vazio, sem resposta, apenas um eco se perdendo entre os outros copos e cristais do armário que mudos, sem desenhos ou palavras no corpo não respondiam.

                Com a fatalidade sabia que não poderia mais dizer-lhe oi, entristeceu-se, pois nem tchau pode dizer. Agora mesmo que o amigo não ouvisse ou os cristais ligassem, só lhe coube dizer Adeus... Que não estava escrito em nenhum outro utensílio da cozinha.  


You may also like

Postar um comentário