Entrevista com o Autor - Mauro Rubens

/
0 Comments
Na terceira entrevista do Moviemento, nosso entrevistado não chega até aqui por ser um autor, mas sim pelo que ele faz pela literatura e leitores de forma geral.

Primeiramente bom dia Mauro é um prazer te-lo aqui no moviemento neste espaço onde tentamos dar voz a novos autores e a pessoas que como você lutam a favor da cultura no país.


Mas nos diga: Quem é Mauro Rubens e como a literatura chegou na sua vida?


Mauro Rubens tem formação com mestrado e atuação na Psicologia Clinica, sempre leu muito e sobre muitas áreas. Com o mestrado na PUC-SP "Usos da Realidade Virtual na Psicologia Clínica" foi se aprofundando no mundo digital realizando software e conteúdo audiovisual como conhecimento, até sentir a necessidade de se voltar novamente ao mundo "analógico".



O que é o projeto Livro Inteligente?
Aí entra o livro, minha forma original de conhecimento, visto que não sou "nativo digital" como as novas gerações. O projeto inicia com Fábulas de Esopo, em um livro objeto bilíngue, feito artesanalmente e com um design diferente. O livro tem o apoio do site http://livrointeligente.com.br onde há o texto e áudio em inglês e português. A divulgação também é feita pelas redes sociais, principalmente em https://www.facebook.com/livrointeligente e https://twitter.com/esopobr
No início o projeto era baseado em donativos e os doadores recebiam o livro em papel. Atualmente foi abandonada a versão em papel e os donativos e o projeto se tornou multilíngue com o acréscimo de Dom Quixote que está em áudio e texto em espanhol, inglês e português. A missão do Livro Inteligente é: "Divulgar livros clássicos em áudio e texto da forma mais multiplataforma, acessível, universal e gratuita possível. Estender o objeto e o significado do livro."

Através desse projeto que livros foram lançados e quais os planos para futuro?
Por enquanto temos o primeiro volume de onze "Fábulas de Esopo" e o primeiro capítulo de 52 do primeiro volume de "Dom Quixote". Quanto ao futuro, o projeto foi pensado para ser transmídia, ou seja, poder ser vertido para outras mídias indo de camisetas à animações passando de games à música. Mas de imediato, embora ele já seja um ebook (livro eletrônico disponível pela rede), devo passar para formatos como pdf, epub e das outras plataformas comerciais para que o projeto tenha sustentabilidade e possa ir adiante.

Nos diga o porque decidiu "comprar" essa "briga" em prol da literatura e de classes mais necessitadas?
A Literatura e os livros porque, como disse acima, foram minha forma primária de conhecimento. Os mais "necessitados", seja pelas dificuldades sociais e econômicas, seja por questões físicas como as pessoas com deficiência visual e etc., é simplesmente porque nada será realmente Forte se desprezar e ou ignorar os mais fracos.







Com certeza existe muito o que se fazer para dar iguais condições de acesso a cultura para deficientes e analfabetos. Mas e aquelas pessoas(que no Brasil são muitas) que mesmo tendo capacidade e acesso a leitura simplesmente não leem nada. Como conquistar essas pessoas para o mundo da leitura e mudar a postura de um povo que não lê?
Primeiro, há que se respeitar aqueles que aprendem ou obtém maior prazer em outra forma que não a leitura. Alguns podem preferir meios audiovisuais, outros preferem lidar diretamente com a realidade e etc., e não há grande mal nisso, desde que a pessoa tenha sensibilidade e respeito humano por seus semelhantes em toda sua diversidade, enfim, que não viva centrada apenas em seu umbigo. 

Segundo, para conquistar, se os pais e parentes não leram para a criança, talvez ela tenha a sorte de ter um professor, ou mesmo amigos, que o motivem e interessem para esse mundo. Se ela não teve nenhuma dessas "sortes", talvez a vida em algum momento leve essa pessoa a se interessar pelo mundo que vai além de si próprio, ou queira aprofundar qualquer conhecimento e aí terá que se deparar com livros.

As ilustrações foram uma forma de tornar mais fácil e quase instantâneo o conhecimento advindo da leitura com o tal ditado: "uma imagem vale mais que mil palavras". Quando se trata de conhecimento através da compreensão do texto, o próprio áudio, como o que utilizamos, permite que se "economize" a energia, que seria gasta na leitura, para que seja utilizada na compreensão que é a tarefa mais nobre. Outros não lerão literatura, mas lerão um manual de mecânica ou um livro sobre automóveis, por terem paixão por automóveis. Enfim tanto melhor que os livros sejam acessíveis para alimentar os sonhos e paixões humanas. A tarefa dos que os escrevem é tornar isso algo fácil, agradável e claro.




Em seu primeiro projeto do Livro Inteligente foi escolhido as Fábulas de Esopo. Algum motivo especial para essa escolha?
Além do fato de ter sido um livro de minha infância, embora eu não o considere um "livro infantil", como o de tantos outros, o livro "Fábulas de Esopo" é um clássico de aproximadamente 2700 anos, que se iniciou na tradição oral; então, ter chegado a ser escrito e depois atravessado tantas gerações já diz algo tremendamente poderoso acerca desse livro. Imaginem que as pessoas podiam não tê-lo escrito em papel (que além de não saberem ler era algo caro escrito por monges), mas tinham as Fábulas em materiais como em tapeçarias, cerâmicas, pratos e etc. (mostrando sua vocação transmídia), com imagens evocando-as para se contar aos mais jovens.



O Projeto Livro Inteligente conta com alguma ajuda ou apoio? Como fazer para apoiar essa idéia?
Não tenho ajuda ou apoio externo, embora na parte que é divulgar o projeto no boca a boca, e que é primordial, eu esteja sendo ajudado nas redes sociais pelas pessoas que amam a literatura e os livros, e ajudam a espalhar essa ideia. Em http://livrointeligente.com.br/parcerias-livro tem algumas formas de apoiar, mas se você que me lê nesse instante pensar alguma outra será imensamente bem-vindo.



Bom Mauro chegamos ao fim, agradecemos a sua participação e deixamos esse espaço para que você mande o seu recado:
Grato ao Moviemento, a todos os que leram até aqui, aos que conheceram o Livro Inteligente e conto com o apoio de vocês para espalhar essa ideia. Um grande abraço a todos.


You may also like

Postar um comentário