Contador Borges

/
0 Comments

I.

Ar puro os alvéolos aplaudem. Mas a malha era fina. O frio
tomou para si a carne qual bandeira desfraldada sem dó
nem piedade. A chuva e o vento aderiram à contenda
dedilhando a lira torácica. Corremos da varanda para junto
da lareira. Você queria ver a neve e olhou pela janela. As
horas passavam de esqui. Quem mais corria na imagem
verde-musgo do espelho frio de Lake Tahoe?

Indicação de nosso consultor, poeta e apaixonado por poesia Israel Azevedo


You may also like

Postar um comentário