/
9 Comments

A VIDA DOS OUTROS

Vencedor do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro “A Vida dos Outros” se passa na Alemanha Oriental, onde o regime socialista mantém a ordem através de “rédeas curtas”, com um forte programa de segurança contra qualquer influência ocidental. Com esse pretexto, o ministro Bruno Hempf sugere que o dramaturgo Georg Dreyman, seja observado com mais cuidado, assim, Gerd Wiesler, um sujeito solitário e obcecado por seu trabalho, inicia o processo de espionagem, invadindo a casa do Georg introduzindo escutas por toda parte.
Ao passo que as investigações se intensificam, o romance de Georg e Christa-Maria Sieland, uma famosa atriz, vai se aprofundando. Junto a isso, Gerd Wiesler passa a direcionar sua obsessão pelo trabalho para a vida de Georg e Christa-Maria, nascendo a partir daí uma estranha simpatia com os personagens da casa e sua rotina.
No entanto, o que para Wiesler vai se tornando um prazeroso exercício de observação, para o ministro Bruno Hempf, torna-se algo angustiante, uma missão da qual ele quer extrair resultado o mais rápido possível, já que seus reais motivos encontram razão na figura da bela Christa-Maria, por quem ele cultiva uma paixão capaz de atos de chantagem e violência.
Esse é o cenário aonde a história do longa vai se desenvolver. Um drama multifacetado com personagens ricos e um roteiro primorosamente construído baseado na evolução dos personagens, ou melhor dizendo, no foco dado a esses, que ao longo do filme tem sua importância alterada.
Aplaudido por público e crítica, “A Vida dos Outros”, pode ser classificado como um drama e até mesmo uma sátira sobre um rígido regime político, porém mais do que questões políticas, o filme aborda a possibilidade e a impossibilidade de se ostentar valores básicos da vida de qualquer ser humano, tais como a liberdade, a individualidade e o livre arbítrio em contextos como nos apresentados pelo filme..
A direção de Florian Henckel von Donnersmarck segue imperceptível, no sentido de não influenciar no andamento do roteiro, mantém-se discreta, porém impecável, assim como o elenco que não apela a esquemas fáceis ou estereótipos.
Por fim, a grande qualidade do projeto, está no fato de tocar em um drama complexo, baseado em uma realidade não muito distante, tratada porém de uma forma bastante ambígua, confrontando a realidade da história com situações surreais como as encontradas nos textos de Kafka, mostrando que, tanto uma quanto outra, são completamente possíveis...

Ygor MF

Ficha Técnica:
Título Original: Das Leben der Anderen
Gênero: Drama
Tempo de Duração: 137 minutos
Ano de Lançamento (Alemanha): 2006
Direção: Florian Henckel von Donnersmarck
Roteiro: Florian Henckel von Donnersmarck
Fotografia: Hagen Bogdanski

Elenco:
Martina Gedeck (Christa-Maria Sieland)
Ulrich Mühe (Gerd Wiesler)
Sebastian Koch (Georg Dreyman)
Ulrich Tukur (Anton Grubitz)
Thomas Thieme (Ministro Bruno Hempf)
Hans-Uwe Bauer (Paul Hauser)
Volkmar Kleinert (Albert Jerska)
Matthias Brenner (Karl Wallner)
Charly Hübner (Udo)
Herbert Knaup (Gregor Hessenstein)
Marie Gruber (Meineke)


You may also like

Postar um comentário