A história do incrível homem que desistiu de viver...

/
1 Comments

        Era uma vez um homem que desistiu de viver...
       Não se jogou da ponte, nem tomou veneno ou um tiro na tempora, embora a palavra cícuta lhe agradava os ouvidos, lhe fazia lembrar daquele filósofo com nome de jogador, misto de dó e dor faziam com que ele gostasse ainda mais daquele homem.
   Alguém lhe disse que se desistindo de viver se transformaria em uma pessoa extraordinária, fora da luta bravia e rotineira. Desistir no entanto não era ficar trancafiado numa sala vivendo sobre a cama, ele continuava a pagar suas contas, ia ao trabalho, subia escadas, trocava ou comprava novas roupas e lavava a calçada aos finais de semana, tudo o que as outras pessoas cheias de vida faziam, mas ele... tinha desistido.

Ygor MF



You may also like

Postar um comentário