Cultura e Chatisses

/
0 Comments
Clodomiro Tradição
Heiiiiiaaaaaaa!!!! Eis-me aqui mais uma vez agora essa gritando o "Heiaaaa" não como marca do meu cumprimento mas como onomatopéia para parar o jumento que carregava até aqui... Este transito de São Paulo... Esta violência de São Paulo... Esta poluição de São Paulo, essas motocas, esses peruas, essas urnas eletronicas todas defeituosas... Heiiiaaaaa paremos tudo por aqui...

Mas acontece que numas das minhas andanças (obrigatórias) pela cidade (porque se pudesse não tirava as minhas pantufas do pé e a minha cara de dentro do casulo), percebo: camelos nas ruas aos montes, lhe perseguem, seguram, bulinam e lhe passam a perna (literalmente também). E nos "confortos" dos lotações lá estão eles... Apesar dos pesares nada contra (Juro!), até criei o habito de comprar amendoins torrados (2 a 1 real). Mas até isso essa cidade ou melhor serei justo com esse lugar que não gosto.., este mundo quer me roubar! Ora coisas!!! 

Estava eu lá com meus trocados, moedas que garantiriam amendoim pra semana toda e quando quase estendia a mão para o ambulante dos comunitários me aparece outro vendedor, esse vendia a miséria da sua vida. Muito mais barato que os "peanuts", cinco dez centavos e eu poderia comprar dezenas de ações de sua pobreza. Vendo o meu impasse então o menino do amendoim aumentou a oferta: 

- Três por 1 pra acabar hein pessoal!!!

E lá fomos todos nós, com sorrisos amarelados, dentes sujos e contentes... Contentes por bater a meta do dia nas vendas e miseráveis como sempre...

PS: E acima de todo julgamento deixo aqui uma vaia pra outros vendedores do mundo da rua:

Uhhhhh pra malabarista desajeitados dos faróis!!!
Uhhhhh pra poetas ruins da av. Paulista Uhhhh!!!

Clodomiro Tradição





You may also like

Postar um comentário