Amor - Adonis

/
0 Comments


Amor

Amam-me o caminho, a casa
e na casa uma jarra vermelha
amada pela água,
amam-me o vizinho
o campo, a debulha, o fogo,
amam-me braços que trabalham
contentes do mundo descontentes
e os arranhões acumulados no peito
exaurido do meu irmão atrás
das espigas, da estação, como rubis
mais rubros que o sangue.
Nasci e nasceu comigo o deus do amor
— que fará o amor quando eu me for?

Adonis


You may also like

Postar um comentário