Entrevista com o Autor - Luiz Antonio Sgarabotto

/
0 Comments
Em sua segunda edição o espaço "Entrevista com o Autor" entrevista com o autor Luiz Antonio Sgarabotto.

Bom dia Luiz seja bem vindo ao Moviemento nesse espaço em que tentamos dar uma pequena ajuda a novos autores... Vamos às primeiras perguntas: Primeiramente quem é Luiz Antonio Sgarabotto e como o mundo literário chegou até você? 

Sou Eng. Agrônomo e, desde o seu primórdio, sempre me dediquei a realizar trabalhos relacionados com o planejamento, projetos e avaliações agropecuárias. Posteriormente, em 1995 em curso realizado na Secretaria da Educação e do Desporto de Santa Catarina obtive o título de técnico em transações imobiliárias, na qual me proporcionou trabalhar como Corretor Imobiliário.

Participei também dos seguintes eventos:

- XI CONGRESSO PAN-AMERICANO DE AVALIAÇÕES organizado pelo IBAPE, no Parque de Convenções do Anhembi. São Paulo-SP, 1979.

- IV CONGRESSO BRASILEIRO DE ENG. DE AVALIAÇÕES E PERÍCIAS, organizado pela ABRAP. Porto Alegre-RS, 1984.

- I SEMINÁRIO DE AVALIAÇÕES DE IMÓVEIS, organizado pela OPET e realizado no Instituto de Engenharia Avaliações e Perícias do Paraná - INAPAR. Curitiba-PR, 1985.

- I, II, III e IV CICLO DE DEBATES SOBRE DESAPROPRIAÇÃO DE IMÓVEIS URBANOS E RURAIS, promovido pelas empresas ELETROSUL, CEEE, COPEL e ENERSUL, 1985, 1986, 1987 e 1988.

Considerando possuir em meu acervo, um volume considerável de trabalhos técnicos realizados tanto na área agronômica como na área imobiliária, resolvi publicar e compartilhar os conhecimentos que adquiri até aqui, para que outros profissionais também usufruíssem dos conhecimentos auferidos durante minha caminhada profissional (40 anos).

Em síntese, isso somente foi possível graças ao incentivo oferecido pelo Clube de Autores/Agbook que abriu as portas para que pudesse efetuar minhas publicações de maneira fácil e econômica. Sem esse empurrão certamente nenhum livro de minha alçada poderia ter sido publicado.


E como passou de leitor a escritor? Cite alguns autores que o inspiraram ou influenciaram a sua carreira literária: 

Aconteceu ao natural. Quando me dei conta estava com meu primeiro livro “Laudos para Avaliação de Imóveis Urbanos e Rurais” sendo publicado (2010). Gostaria de ter sido influenciado por autores consagrados, contudo nada disso ocorreu comigo, apenas me permiti aproveitar uma oportunidade que o Clube de Autores/Agbook estava a oferecer a novos autores e assim foi que publiquei os livros que poderão ser conhecidos através dos links:
https://clubedeautores.com.br/book/23634--Laudos_para_Avaliacao_de_Imoveis_Urbanos_e_Rurais
https://www.clubedeautores.com.br/book/36629--Laudos__Contratos https://www.clubedeautores.com.br/book/37631--CONTRATOS__DISTRATOS



O seu livro Perícias Agro-Florestais foi lançado no Clube dos Autores. Diga-nos um pouco mais sobre essa obra, do que se trata? 

Trata-se de meu mais novo livro que reúne simulações de perícias no setor agro-pecuário-florestal. Nele estão reunidas 04 (quatro) simulações de perícias judiciais comumente ocorridas nestas áreas e podem ser parcialmente consultadas através do link: PERICIAS AGRO-FLORESTAIS 

A ideia central foi de oferecer subsídios baseados em situações reais que possibilitassem aos novos e aos antigos profissionais da área complementar seus conhecimentos teóricos com a realidade prática a ser exercida em campo. Enfim, o objetivo é de oferecer sugestões alicerçadas em fundamentos valiosos que certamente auxiliarão na elaboração desses trabalhos. Todo material selecionado está baseado em trabalhos periciais que realizei atuando como perito oficial nos estados de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, mas que certamente, poderão ser utilizados em qualquer estado de nossa federação. 

Inicialmente focalizo um episódio ocorrido em uma área rural onde o Autor rezinga da falta de apoio que não obteve do órgão financeiro e requer pagamento de lucros cessantes pelos prejuízos ocorridos.

Na sequencia, apresento um caso de autuação do IBAMA em uma área rural, onde houve queima de pastagem e de área florestada sem o seu consentimento e que no contexto envolveria o sequestro de carbono.

Depois, descrevo um inventário florestal em área nativa que restou prejudicada sua exploração por se encontrar em área de preservação permanente (APP).

E finalmente, um caso de uma invasão de terras em área rural pertencente a uma usina, onde os invasores alegavam que a terra ainda lhes pertencia.


Além de textos técnicos possui algum outro tipo de texto literário ou projeto futuro nesse sentido? 

No momento, estou finalizando um novo projeto, ainda sem nome definido que vai discorrer como elaborar um Relatório de Impacto Ambiental (RAS) para a implantação de pequenas centrais hidrelétricas (PCHs), que pretendo até o final do mês de abril estar com ele devidamente lançado no Clube de Autores/Agbook.

Voltando ao tema do livro o que tem a nos dizer sobre o atual momento das questões ambientais no Brasil e no Mundo? Afinal temos com o que nos preocupar? 

Bem, no que diz respeito à desobediência com que o homem vem tratando à natureza, notadamente as matas nativas, rios e córregos, a situação é deveras preocupante. Assim é, que se os governantes a nível mundial, não tomarem medidas drásticas e severas rapidamente, certamente o planeta terra até o final deste século, sem falar nas doenças oriundas desta estupidez, estará fadado a sofrer todo tipo de escassez e a falta de alimentos.

Para quem se interessar pela área, como se tornar um perito florestal? (é este o termo correto?). E como vai este mercado de trabalho?

Para se tornar um perito agro-florestal, antes de qualquer coisa, o profissional deve possuir as credenciais para exercer a profissão nas áreas de engenharia agronômica, da engenharia florestal, ou da gestão ambiental/ambientalista, título este que deve ser conferido por um órgão credenciado, e, que ateste a sua especialidade.

Ainda hoje o nome de perito está relacionado com a profissão que cada um exerce, contudo o nome questionado não está incorreto e, smj, poderia ser utilizado para todas as profissões citadas. O mercado de trabalho continua engatinhando para quem quer trabalhar com imparcialidade. Essa que é a verdade. Vivemos num país onde os valores morais e intelectuais se inverteram. E por isso, guardadas as devidas proporções, quem se propõe a realizar um trabalho sério e competente sem interferência de terceiros, tem conseguido guarida para realizar trabalhos solicitados pelo poder judiciário.


Bom foi um enorme prazer contar com a sua presença aqui no Moviemento. Por fim envie um recado para autores e leitores ou nos deixe uma mensagem que precisa ser dita... 

Quero agradecer a oportunidade que ora está sendo oferecido em seu blog através do Moviemento e oferecer a todos os profissionais que desenvolvem ou estão a iniciar na área pericial do segmento agro-florestal, que consultem não só este livro, mas também os demais indicados nos links, que oferecem modelos de laudos na área avaliatória e modelos de contratos imobiliários e comerciais. Eles estão sendo comercializado pelo Clube de Autores/Agbook nas modalidades e-book e impressa.

Um forte abraço a todos e mais uma vez obrigado pela lembrança e o convite formulado.


Biografia

Gaucho natural de Erexim-RS, nascido em 28/07/1950. 
Formado pela Universidade Federal do Paraná pela Escola de Agronomia e Veterinária (Setor de Ciências Agrárias). 1970/1973 

Experiência profissional: 
- Inicialmente fui credenciado como Engenheiro Agrônomo pelo Banco do Brasil S/A e Banco Bradesco nos estados de SC, RS, MS e TO, para realizar projetos agropecuários e avaliações de propriedades rurais, (1974 a 1978). 
- Depois fui contratado pela empresa ELETROSUL para elaborar avaliações de imóveis nos estados de SC, PR e RS, (1979 a 1991). 
- Desde 1991 até os dias de hoje, desenvolvo atividades profissionais como perito judicial autônomo nos tribunais estaduais e federais de SC. 


You may also like

Postar um comentário