Literatura de Esbarrão - E foram todos para Paris

/
0 Comments

Há muito tempo que quero ler esse livro, mais do que ler, admito o sentimento consumista e possessivo; a muito tempo quero TER esse livro. 
O projeto gráfico de capa e diagramação são de Rafael Nobre, excelente capista e designer, responsável também pela capa do livro A Festa do Século. Não só pela parte gráfica e o fato de ser um livro objeto, um livro de referências literárias e gráficas. Mas o texto de Sérgio Augusto flui informativo e literal,  saboroso.

Ao longo das páginas, fotos, mapas e gráficos ajudam a compor as histórias e informações. Para quem vai a cidade Luz, ou quem só pode conhece-la através das páginas. Para quem pode repetir cada trajeto, visitar cada lugar, ou mesmo para quem independente do lugar ou do contexto queira saber como se comportavam grandes autores em horas de ócio e festa...

‘’Se você teve a sorte de viver em Paris, quando jovem, sua presença irá acompanhá-lo pelo resto da vida, onde quer que você esteja, porque Paris é uma festa móvel’’, escreveu Ernest Hemingway, em carta a um amigo, em 1950.




You may also like

Postar um comentário