/
8 Comments


Operação Valkiria

Após dirigir dois longas de super-heróis, o diretor Bryan Singer (X-men 1 e 2 e Super-man o Retorno) volta ao tema da segunda guerra, como em “O Aprendiz” de 1998, focando o fascínio e os bastidores do regime nazista.

Operação Valkiria percorre um viés diferenciado dos demais filmes sobre a 2ª Guerra Mundial, pode se dizer que assim como “O Aprendiz”, “Operação” não é, ao menos em sua totalidade um filme sobre a guerra em si. Mas uma complicada e controversa tentativa de desmistificar nazistas, traidores e heróis dentro do 3º Reich.

Claus von Stauffenberg (Tom Cruise) e um grupo de oficiais descontentes com o rumo que Hitler deu à guerra e principalmente à Alemanha, planejam por em prática a Operação Valkiria, uma manobra militar que tem por objetivo controlar a Alemanha após a morte de Hitler. Para que tal aconteça, Stauffenberg é designado para matar o Fuher e assim a partir dali devolver a Alemanha a seu povo.


Essa é a história de “Operação Valkiria”, que mostra uma das mais de quinze tentativas de mudar a história e segundo o personagem de Kenneth Branagh; “mostrar ao mundo que não somos todos como ele”, se referindo a Adolf Hitler. No entanto é justamente essa afirmação que faz com que incertezas e desconfianças rodeiem a percepção do público mais atento. Afinal, por que entre tantos, tão poucas pessoas ousaram desafiar Hitler? E entre esses poucos, quais seus reais motivos? Tais perguntas denunciam uma certa tendência do longa em criar heróis mais aos moldes de Hollywood. Não que devamos duvidar da índole de todas as pessoas envolvidas naquele contexto, mas de certo a tentativa de impor uma candura aos personagens se aproxima mais de um pragmatismo cinematográfico do que de um relato histórico.

Por outro lado, e fazendo justiça ao que a história veio mais tarde confirmar, cerca de 200 pessoas envolvidas na operação foram executadas como traidores da nação, e mais tarde, por volta de 1950, foram designados heróis de guerra, mártires. Sendo que até os dias de hoje o golpe de 20 de julho é celebrado no Memorial da Resistência Alemã, como demonstração de respeito e dever com a história.

Tecnicamente o filme é brilhante, a trilha sonora atua como uma constante e presente pontuação do vários momentos de suspense e tensão. Bryan Singer, mesmo contando uma história sobre a qual já sabemos a conclusão, consegue construir uma ligeira esperança entrelaçada no suspense de como e por que as coisas acontecerão.

No mais, com um elenco de peso, compenetrado e sucinto, “Operação Valkiria” funciona como um entretenimento de ótima qualidade, se no que tenta afirmar provoca dúvidas, é nessa lacuna que pode promover valiosas discussões.

Ygor MF

Ficha Técnica:
Título Original: Valkyrie
Tempo de Duração: 121 minutos
Ano de Lançamento (EUA / Alemanha): 2008
Site Oficial: www.operacaovalquiria.com.br
Direção: Bryan Singer
Roteiro: Christopher McQuarrie e Nathan Alexander

Elenco:
Tom Cruise
(Coronel Claus von Stauffenberg)
Kenneth Branagh
(General Henning von Treschkow)
Bill Nighy
(General Friedrich Olbricht)
Tom Wilkinson
(General Friedrich Fromm)
Carice von Houten (Nina von Stauffenberg)
Thomas Kretschmann (Major Otto Ernst Remer)
Terence Stamp
(Ludwig Beck)
Eddie Izzard (General Erich Fellgiebel)
Kevin McNally (Dr. Carl Goerdeler)
Christian Berkel (Coronel Mertz von Quirnheim)
Jamie Parker (Tenente Werner von Haeften)
David Bamber (Adolf Hitler)
Tom Hollander (Coronel Heinz Brandt)
David Schofield (Erwin von Witzleben)
Halina Reijn (Margarethe von Oven)
Werner Daehn (Major Ernst John von Freyend)
Harvey Friedman (Joseph Goebbels)
Matthias Schweighöfer (Tenente Herber)
Ian McNeice (General)
Danny Webb (Capitão Haans)



You may also like

Postar um comentário