Ceratocone

/
0 Comments




Eu que tenho uma visão duplamente unica,
numa triade que não se completa...
O que vejo e o que os meus olhos conseguem enxergar
são coisas distintas, segredos, outras coisas que nunca as saberei
plenamente.
Vejo um desfoque um nada, a hipótese do que pode ser tudo aquilo
que cerca a visão de um miope.
Pois estas visões vazias quando separadas são ainda incompletas
quando juntas nem constroem coisa nitida juntamente.

Contemplar esse branco que tudo contorna,
estar a espreita dum mundo tato escondido na clareza que cega...
E aos poucos... bem aos poucos, tudo nuvem, tudo neve, alvi
branco, tudo nada...

Ygor Moretti


You may also like

Postar um comentário