Entrevista com o Autor - Sol Soares

/
0 Comments

Bom dia Sol é um prazer tê-la aqui no Moviemento em mais uma Entrevista com o Autor. Por favor, apresente-se aos nossos leitores. Quem é Sol Soares e nos diga como a literatura chegou na sua vida? 


Obrigada pela oportunidade de participar junto com vocês do Moviemento. É fácil ser a Sol Soares. Sou uma pessoa simples, dedicada, família, que ama os animais e sente prazer em escrever. É um momento que posso ser qualquer pessoa, em qualquer situação, mundo.

A literatura chegou em minha vida desde cedo, desde pequenina, não tinha muitos amigos, era introvertida e caseira. Um momento em que divagava e ansiava por histórias emocionantes.

E como passou de leitora a escritora como se deu isso? Quais autores lhe inspiraram e ainda lhe são referências?

Sempre tive momentos de devaneios, como disse antes, desde menina. Qualquer situação em que estava, sozinha ou participando de algum fato, seja familiar, estudantil que não me interessava, sentia grande necessidade em devanear. Só precisava amadurecer essa vontade de transferir esses pensamentos para o papel, além de conhecimento e técnica de escrita, que aconteceu já na fase adulta.

Muitos livros me marcaram no decorrer dos meus dias, mas gosto muito de histórias fantásticas como as de J.R. R. Tolkien, toda a trajetória de O Senhor dos Anéis, Hobbit, Contos Inacabados, Os filhos de Hurin, O Silmarillion, entre outros. Também gosto de leituras dramáticas como as de Khaled Hosseini em “Caçador de Pipas” e “A Cidade do Sol” e Markus Zusak “A menina que roubava livros”. 

Conte-nos um pouco sobre o seu processo criativo ou exercício da escrita, como acontece? Alguma particularidade?

Trabalho em uma empresa privada na área da saúde um pouco mais de 12 anos. O meu trabalho me pede 6hs diárias, salvo quando preciso participar de algum curso ou treinamento para aperfeiçoamento de minhas funções. Fora disso, disponho de muito tempo livre para me dedicar a minha paixão: escrever. Então, após o almoço, me transformo na Escritora Sol Soares e sigo com meus compromissos fornecendo informações aos meus seguidores nas redes sociais, blog, na construção de histórias, personagens, ideias, além de leituras e pesquisas que fazem parte do meu dia-a-dia.

Seu livro “Dois minutos para te Amar” está disponível no site Clube de Autores para venda. Fale-nos um pouco mais sobre o livro do que se trata?

Dois Minutos para te Amar, é um livro polêmico, vai tratar de infidelidade matrimonial e tem linguagem e conteúdo adulto. Os protagonistas são infelizes em seus relacionamentos e acabam se apaixonando fora deles. Ela, Irene, uma técnica de Raios-x casada com um profissional no ramo da informática, sente-se grata pela forma que se envolveu com o marido no passado, sem dizer de um trauma infantil de cunho sexual que carrega. Ele, Augustos, um médico renomado e conferencista que vive com uma mulher ciumenta e possessiva, declinada a não ser mãe. Irene e Augustos se envolvem e acabam vivendo uma paixão avassaladora. 

Por se tratar de uma história com tantos detalhes como se deu esse processo de escrita, e em quanto tempo foi produzido? 

Avaliando algumas situações do dia-a-dia de muitas pessoas, amigos e familiares pela angustiante rotina de diversos casais que deixam de se amar, escrevi uma história baseada em contos, experiências e emoções que me permitiram pensar além de quatro paredes. Sem dizer, que vivemos em dias sem tolerância, digo isso, porque parece-me que nada mais é digno de paciência, seja com o próximo, com a concretização de algum serviço, em uma fila no comércio, no trânsito e o que dirá no casamento. 

Bem, foi um processo bem longo, seis meses, todos os dias, de dedicação, pesquisa, altas madrugadas ouvindo músicas românticas e uma vontade de ver concluída toda as etapas da história.



E como foi a experiência de auto publicação, como enxerga o mercado editorial e as possíveis saídas para o autor independente?

Vejo um mercado editorial cada vez mais crescente. Apesar de ainda ser muito difícil para o autor novo conseguir um espaço de destaque nas editoras tradicionais, deixando esses autores, como eu, necessitando recorrer as publicações independentes. O custo também é preocupante. Serviços profissionais como revisores, diagramadores, designer, entre outros, acometem um investimento considerável. Digo por mim mesma, que resolvi me auto publicar no site do Clube de Autores por não ter recursos suficientes para investir na minha carreira literária. A experiência com essa editora sob demanda, foi gratificante, pois, consegui com muita facilidade publicar o romance Dois Minutos para te Amar, com qualidade impecável e atendem todos os leitores que adquirem meu livro.

Trabalha em algum projeto novo? Pode nos adiantar algo?

Sim. Estou lançando também em produção independente “Luck – O Amor de um Pássaro”. No início à venda está acontecendo somente no meu blog em versão e-book.

É a história de um pássaro que foi tirado da natureza para o comércio ilegal. À partir daí começa sua aventura num mundo desconhecido, longe de tudo que começou a amar muito cedo. Longe de seu habitat, Luck terá que aprender a conviver com a natureza humana, a vida presa em uma gaiola, a solidão e a saudade sempre na esperança de rever sua família novamente.

Um outro tema já em processo de construção, será um romance policial que abordará a psicopatia.

O que está lendo no momento ou leu recentemente que gostaria de compartilhar com nossos leitores?

Estou lendo pela segunda vez, “Mentes Perigosas” de Ana Beatriz Barbosa Silva, que nos remete a reflexão de pessoas que estão em nossa volta e sofrem de distúrbios psicológicos. Esta leitura procura nos deixar alertas sobre possíveis psicopatas em diferentes estágios que podem fazer parte do nosso convívio, seja familiar ou profissional, além de histórias que tiveram destaque nas mídias, redes sociais, enfim.

Para relaxar e desviar o conflito deste tema, revezo a leitura com dois exemplares para relaxar, um livro de Ygor Moretti em “Do Som ao Impacto” e da escritora baiana Alane Brito, “O Trio” 

Ok Sol Soares obrigado pela participação! Mande um recado para os novos autores ou para os leitores, enfim deixe aqui o seu recado: 

Mais uma vez gostaria de agradecer ao blog Moviemento a grande oportunidade de falar um pouquinho sobre mim, a rotina e a caminhada nesta carreira literária que requer muita dedicação e aperfeiçoamento. Aos novos escritores, desejo muito sucesso e persistência sempre. Nada será mais gratificante que você pegar o seu livro, a sua história nas mãos e ver o quanto foi capaz de deixar um legado para todos, mesmo que seja uma publicação independente. Você chegou onde muitas, milhões de pessoas não chegaram e aos leitores que acompanham meus trabalhos, só tenho que agradecer porque estão sendo o termômetro que me impulsiona a continuar. 

Peço que continuem me seguindo nas fan pages:
Um abraço.
Sol Soares


Outras entrevistas com autores aqui do Moviemento:


You may also like

Postar um comentário